Processo químico

Nova forma de produzir hidrogênio, sem consumo de energia elétrica para quebra das moléculas de água, simplifica a obtenção e uso do gás

Processo: Reação química

Hidrogênio – Hidrólise: reação química completa.

Esse processo aperfeiçoado de obtenção do hidrogênio, acontece através de uma reação química completa, libera hidrogênio imediatamente, alternativamente a temperatura pode atingir estabilidade próxima de 115 graus Celsius. O tempo da reação pode variar de acordo com a formulação, podendo esse novo processo produzir grandes quantidades de hidrogênio, de acordo com a necessidade de cada projeto. A quebra das moléculas de água acontece sem a necessidade de consumo de energia elétrica – hidrólise alcalina – fornecendo hidrogênio em larga escala, sem a necessidade de armazenamento, fatos que favorecem o competitivo custo de produção. Em uma modalidade alternativa preferida da fórmula, os produtos necessários para a produção de gás são: 85,8% de água (pode ser do Mar), 8,58% hidróxido de sódio (escama), 0,26% de ácido e 5,36% alumínio metálico; não havendo utilização de produtos inflamáveis.

Esse novo processo permite a produção de qualquer quantidade de hidrogênio em curto ou longo espaço de tempo, por exemplo: pode-se obter a produção de 1.000.000 m3 (um milhão de m3) em 30 (trinta) minutos; 1.000.000 m3 (um milhão de m3) em 60 (sessenta) minutos; 2.000.000 m3 (dois milhão de m3) em 120 (cento e vinte) minutos; 24.000.000 m3 (vinte e quatro milhões de m3) em 24 horas, ou ainda, conforme necessidade e preferência. Desse modo, a reação pode ser repetida seguidamente sem paralizações, por tempo indeterminado.

Na reação tudo é diretamente proporcional, dependendo apenas da quantidade de produtos que dela participa e do tempo pretendido para se obter o hidrogênio. Os limites atribuídos para a obtenção de hidrogênio através desse novo processo são definidos pela quantidade de matéria-prima e pela dimensão dos equipamentos disponíveis (vasos de pressão, dosadores industriais e reservatórios de matérias-primas e subprodutos) para a realização do processo. Todo o resíduo proveniente do final da reação química é dois subproduto totalmente aproveitado como matéria-prima para diversas aplicações industriais.

Resíduo

Apresenta-se ao final da reação química como hidróxido(s) fortemente alcalino e, não corrosivo, pH acima de 12. Algumas de suas características viabilizam sua aplicação em diversas áreas da indústria tais como na indústria de alumínio, construção civil, farmacêutica, petroquímica, celulose, industria de tratamento de águas, entre outras.

Esse novo processo de hidrólise alcalina pode liberar hidrogênio atendendo à demanda de qualquer processo indústria, em qualquer parte do planeta.

Hidrolisador H2

Hidrogênio - hidrólise espontânea